quinta-feira, 17 de outubro de 2013

You belong with me capitulo 26

EU TE AJUDO...

-Espera...
Me virei para ouvir o que ele tinha a dizer.
-Siga em frente.-Ele suspirou, comecei a perceber aqueles olhos tão alucinantes que ele tinha se molharem...Ele estava prestes a chorar, mas é logico que não faria aquilo na minha frente, ainda mais depois daquilo.
Eu segui, voltei pra minha casa e me joguei no sofá. Comecei a chorar como nunca:
(Ignore a boca.......)
*LOUIS P.O.V.S*
   Eu sou um estúpido, eu não acredito, não posso acreditar que deixei a garota que eu mais amo sair da minha casa chorando...E ainda fui burro e disse que era pra ela sumir...Mas pensa bem, Louis, isso é para o bem dela...
É para o bem dela...O bem dela...O bem dela...Sou tão frouxo que não consigo nem proteger ela...DROGA!
  Voltei pra minha cama e me deitei nela, voltei a me cobrir e...Chorei. Sim, eu chorei, não acredito que perdi ela..Por isso chorei, como um bebe, eu só desejava que ela me perdoasse, porque tinha plena consciência que ela jamais seria minha novamente. Mas eu serei sempre dela, mesmo que ela esteja e fique pelo resto da vida longe de mim...Eu pertenço a ela...Mas ela não pode pertencer a mim...
*VOCÊ P.O.V.S*
    Acordei. Nem havia percebido que dormira, só me lembrava que derramei todas as lágrimas que eu possuía.
Eu decidi que não queria tomar café em casa, eu queria ir pra algum lugar bem longe daquela rua, pois era a mesma onde Louis estava...Não gostava nem de lembrar disso...Então decidi que iria tomar café em outro lugar, e pretendia passar o dia inteiro fora.
Escovei os dentes, lavei o rosto, tomei banho etc, me vesti:
PIRRALHOIS
(...)
    Depois de chegar  numa lanchonete qualquer e fazer meu pedido com uma animação, ou a falta dela, contagiante fiquei apenas observando a janela  enquanto esperava ele chegar.
Alguém se aproximou antes que eu percebesse  e  sentou  se na mesma mesa(quer dizer, não EM CIMA da mesa...Vocês entenderam...Espero):
-Oi , a  quanto tempo! Não te vejo desde a ultima vez que nos vimos.-Era Harry...
-Oi, Harry-Eu disse sem animo. Não pretendia fingir que estava bem quando era perceptível até para o tiozinho da esquina que lavou o quintal com uma mangueira roxa porque quando foi no mercado era roxa ou transparente e ele escolheu com uni-duni-te.
-Você está bem?-Ele perguntou com uma cara sofrida.
-Não.
-É, eu estou percebendo...-Ele se afundou um pouco no banco que se sentava.
-Tá tão obvio assim?-Cobri o rosto com as mãos ao perguntar.
-Um pouco...Seu olhar tá triste, você não tá sorrindo...Não tá nem tentando disfarçar...
-Eu não quero disfarçar!! Eu não tenho motivo pra querer enganar ninguém!
-É por causa do Louis?-Assenti com a cabeça. Apenas ouvir o nome dele já mexia comigo.-Quer desabafar?-hesitei  por um segundo, depois quase assenti, porém eu não podia desabafar tudo que sentia com Harry, nada contra ele mas...Não somos tão amigos.(ORRAS HARRY EU NÃO DEIXAVA NÃO! ELA TÁ DE DESPREZANDO)
-Não-Respondi sofridamente.
-Mesmo? Não é bom ficar guardando só pra si, te faz mal. Somos amigos não somos?-ótimos argumentos, Harry. Assenti.
-Ok...Eu e ele estávamos tão bem...E de repente, um  dia eu acordo e ele some...E  fica sem dar noticias por dias, e depois, do nada, ele diz na televisão que voltou com a Eleanor e que eu fui só para esquece-la! Louis não é do tipo que fala essas coisas na televisão!!-Eu falei  alterada.
-Hm...Eu também achei isso estranho, muito estranho...-Harry comentou.- Tentou falar com ele?
-Eu falei com ele ontem...Ou na madrugada de hoje pq né e ele só me disse que...Não queria mais me ver, que não me amava mais e...-senti que começaria a chorar-que eu deveria seguir em frente.
-Estranho, ele parecia te amar. O  que deu  nele?-Perguntou a si mesmo- O que aconteceu antes dele “sumir”?
Hesitei mais uma vez...O que havia acontecido antes dele “sumir” tinha sido...Nossa primeira, e única, noite juntos. Mas é logico que eu tinha vergonha de falar isso para o mestre do gratino ele.
-Érg...N-nada-Tudo bem, não deu certo, pelo menos tentei.
-Quem nada é peixe(Falou igual minha mãe :p). Fala sério, vocês brigaram? Você fez algo que ele não gostou? Ele conheceu sua mãe?
-Não, na verdade nós só dormimos juntos...-Eu tentei falar naturalmente, embora o tom tivesse sido muito baixo  e devido a isso ficou a anos-luz(falar longe é mais fácil ;p) de ser natural.
-Defina “dormir”.- Ele pediu com uma (al)face de dúvida.
-Dormir...Como duas pessoas dormem.- Senti começar a corar, me sentia envergonhada de tocar no assunto com o melhor amigo de Louis.
-Seja um pouco mais especifica-Ele riu de leve.
-TÁ BOM! NÓS TRANSAMOS, FIZEMOS SEXO, ELE ME COMEU, FIZEMOS AMOR, NOS GRATINAMOS, BRINCAMOS DE ESCONDE-ESCONDE DE BAIXO DAS COBERTAS, ELE ENTROU EM MIM, OBTIVEMOS RELAÇÕES SEXUAIS! ENTENDA COMO QUISER!(quanta descrição~IRÔNIIIIIIIA~...U.U)-Eu disse um pouco alto demais, fazendo muitas pessoas da lanchonete nos olharem(bando de zé povis u.u), no mesmo momento meu pedido chegou. Me fazendo corar completamente, se é que eu já não estava vermelha.
-Bom, não precisava ser tão direta-Ele riu de leve  mais uma vez, acho que tentando me convencer a rir também, não obtendo sucesso.
Comecei a tomar meu café enquanto dizia:
-Você não entendeu quando eu falei delicadamente, então eu tive que apelar pras palavras censuradas.-Rimos. Logo ele se recompôs.
-Enfim, mesmo que tenha sido uma noite ruim, isso não é motivo pra ele “sumir”.
-Você está certo. Mas então o que pode ter sido?-A pergunta foi na verdade para mim mesma.
-Eu não sei, mas ele não tinha nenhum motivo para voltar com a Eleanor...Uma coisa não se encaixa com a outra-ele suspirou.
-De qualquer jeito, eu não quero mais falar sobre isso-Admiti, com tom de choro.-Eu só quero esquecer ele-Eu sabia que seria impossível-Esquecer todos os anos que passamos juntos e o tempo em que namoramos...
-Olha, na boa, eu não sei o que te dizer! Eu não acho que você deva esquece-lo mas também sei que não deveria ficar presa nisso, ainda mais porque ele disse pra tu seguir em frente...Então é sério, não sei como te aconselhar-Ele admitiu.
-Não preciso de conselhos(TOMA, HARRY!)...Só preciso de algo que me faça esquecer de tudo isso.
Harry ficou pensativo por alguns segundos até que seu rosto se iluminou  e ele ficou como se houvesse uma lâmpada acima de sua cabeça(Harry é um gênio.....Não pera).
-Eu já sei! Tem uma coisa que vai te fazer esquecer tudo isso rapidinho!-Parecia uma criança falando de sua futura traquinagem...
-Vish...Lá vem bomba...Fala aí-Coloquei minha mão no rosto já me preparando para alguma ideia que não me agradaria(Ménage u.u zoera)
-Hey, não despreze minha ideia antes de eu te contar(isso, deixe ele contar. Depois pode despreza-a com certeza U.U)-Ele disse, indignado.
-Ok, para de enrolação e fala logo.- Disse começando a me irritar.
-E se eu te levasse a um lugar(MOTEL MOTEL MOTEL) você ficaria mais alegre?
-Harry, enquanto eu estiver com isso na cabeça não vou ficar alegre.
-Menos triste?
-Talvez-Respondi com um meio sorriso-Isso depende de onde você vai me levar...(MOTEL, MOTEL, MOTEL! \O)
-Que tal uma praia?(MOTEL A CÉU ABERTO \o)-Ele sugeriu, fiquei pensando por um tempo...
Eu queria esquecer tudo que aconteceu comigo e Lo...Aquele cara, então sair pra uma praia não parece ruim...É, uma boa(Eu não acho isso não, ISSO NÃO VAI PRESTAR, NÃO VAI!)
-Olha Harry, quando você me falou que tinha uma ideia eu pensei que você fosse falar uma besteira do tamanho do  mundo. Tipo a ideia de criar um comercial de carne com o Tony Ramos brotando das trevas em um supermercado e perguntando: MAS É FRIBOI? Mas até que eu gostei da ideia...-Sorri um pouco.
-Ótimo! Então podemos ir?-Perguntou.
-Podemos, quando?-Respondi sua pergunta com outra pergunta.
-Eu não sei-Ele riu-Quando você achar melhor!
-Eu acho melhor quando você achar melhor!(Vish...Vai começar  o diálogo infinito...)
-E eu acho melhor quando você achar melhor!-Ele riu.
-Harry, eu acho que vai ser melhor quando você achar que é melhor!
-Eu só acho que vai ser melhor quando você achar que é melhor.- Ele riu ainda mais.
(~69.0000000000000000000000000000 anos depois~)
-Tá, chega, Harry-Ri e coloquei uma mão na frente do rosto indicando que queria parar com aquele jogo.
-Okay, okay, eu paro.- Ele riu mais um pouco e voltou ao normal(que não era necessariamente estar sério U.U pq Reuri é Reuri né)-Que tal...Amanhã?
-Por mim tudo bem.-Dei de ombros, acho que aquilo que estava se formando no meu rosto era um sorriso.
-Então está combinado, amanhã eu vou na sua casa te buscar-Assenti, sorrindo de leve.-Umas dez horas pode ser?
-Tão cedo, Harry?-Brinquei.
-Hm, sim!-Ele riu.
  Talvez desse certo.
*ELEANOR P.O.V.S*
-Acho bom mesmo que tenha acabado tudo com ela, não quero mais ela por perto-Exclamei, sentada no sofá, Louis apenas me olhou, ele queria argumentar, mas não iria, eu também não o deixaria.-Não se preocupe, ela vai ficar bem sem você.-Sorri sarcástica.-Agora ela pode dar mais atenção aos clientes dela(~mensagem subliminar~) –Ri de minha própria brincadeira, porém ele não a aceitou.
-Respeita ela tá bom! Ela é uma mulher de verdade, ao contrário de você que precisou me ameaçar pra que eu ficasse com você-Ele disse alternadamente, embora tentasse se conter já que não sabia que não poderia me contrariar.
-Calado.-Segurei o rosto enraivecido dele-Se esqueceu que eu também estou esperando um filho seu? Eu não quero ter um filho que não tem um pai de verdade!-Exclamei novamente-Você me trata como se eu fosse a vilã dessa historia(MAS VOCÊ É!)mas já pensou que eu estou fazendo tudo isso só porque te amo e não quero te perder?
-Eu e você não precisamos estar juntos pra que eu cuide do meu filho. Eu cuidaria dele mesmo se estivéssemos separados.
-Mas não é só pelo nosso filho. Eu te amo, não consigo pensar em te perder.
-Se você me amasse, iria me querer feliz, e não me obrigaria a estar com você.-Ele soltou o rosto da minha mão e tirou o olhar de minha direção.
-Eu te amo o suficiente pra te fazer feliz, porque não acredita nisso?
-Simples: Por que quem ama nunca faz mal a pessoa que ama.-Respondeu friamente.
-Eu nunca vou te fazer nenhum mal, Lou...Mas pra que você esteja do meu lado, ela precisa estar longe...Eu só quero você, só você...Ninguém pode te tirar de mim.
-Eleanor, você não era assim. O que aconteceu com você? Antes de tudo isso, quando começamos a namorar, você não me dizia essas coisas...Só depois que terminamos.-O interrompi.
-Só fui perceber o quanto te amava depois que terminou comigo e ficou com aquela meretriz...Sabe quando dizem que só se da valor quando perde? Então...
-Eleanor, quem eu amo é a...-O interrompi.
-Você sabe muito bem que não pode mais falar sobre ela. Ainda mais que a ama! Lembre-se do que eu posso fazer.-Ele assentiu e saiu da sala.
     Alguns segundos depois meu celular vibrou, era uma mensagem:
“Ele vai descobrir logo. Precisamos conversar, logo”
(Seria uma boa hora pra parar....AHAUHAUAHAUHAUHAUAHAUHA não, hj tô boazinha)
*VOCÊ P.O.V.S*
(...)
    9:30...Ops, acordei quase em cima da hora(só se você tiver dormido em cima de um relógio u.u) mas da tempo!
Tomei banho, escovei os dentes etc...Me vesti(Sinto que já escrevi isso em algum lugar.......):
Ain't fun
Mal tomei café e foi quase que premeditado, Harry estava lá me esperando. Pontualidade britânica, ba*dum*tss.
-Oi!-Ele disse ao me ver.
-Oi Harry, pontual enh?
-Eu sou outro nível! (nadie convencido ele né)
-Tá bom Senhor “Outro nível”, vamos logo!
-É assim que se fala! Ah, e tem uma coisa...
-O que?-Perguntei um tanto assustada, afinal...AINDA É O REURI!
-Eu chamei umas pessoas pra ir com a gente...-Ele sorriu malicioso, eu fiquei mais assustada ainda.
-AH NÃO, HARRY! Não vai virar um cabaré né?!
-Não se preocupa. Você vai gostar...


CONTINUA...
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

MINAAAAAAAAAAAAAAS!!!

Desculpa! Eu tinha dito que na semana passada ia postar uma vez por dia, e eu  iria, se não fosse dois pequenos contratempos.

  1. Meu pai inventou de ir pra casa dos tios dele na sexta e só voltamos no domingo :p
  2. Minha net ficou bugada de quinta a noite até.........Ontem.(mas ainda tava com os bugs, mas meu pai resolveu tudo hoje)
Bom, eu escrevi esse CAP no word, enquanto minha net ainda tava com seus bugs. Ficou zoadinho, mas eu planejo uma catástrofe de loucura e insanidade humanitária pro próximo CAP u.u(Zuera, eu só andei tendo umas ideias ahuahauahuahau)

Gentei, está na hora da divulgação!

Imagines Direction (esse blog tem o bg mais invejavel de todos \o)

Tchau Aer povão! Beijinhos na boca :*

   

Prêmio do dia pra quem comentar: UM TODDYNHO \O

 PS-Canditadas a ADM?

PS2-O que querem agora, liamdas?

PS3-Caso seu toddynho não chegar, ou chegar com o canudo afundado, a culpa é toda do dollynho.

~Le Adri~

 

 

11 comentários:

  1. Prfto como sempre kk uhulees um todynho sz continua essa e TMO

    ResponderExcluir
  2. Amei, serio.E qnd vc continua TMO?-Tamires

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa pergunta, hahaha, eu queria continuar hj a noite, mas n sei se vai dar :\

      Excluir
  3. UM TODDYNHO \O AMEIII GAMEIII CONTINUA !! E continua tbm a Turn Me On

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou ntentar continuar mesmo com meu pc possuido
      \o

      Excluir
  4. CONTINUAAAA POR FAVOR

    ResponderExcluir
  5. Divulga minha page no fc eu mostrei seu fic a Turn Me on <3 pois amo e quero muiiitas meninas amem e bemm divulgaa só tem 2 curtidas SÓ 2 https://www.facebook.com/pages/Imagines-In-Love/559023687485095?ref=hl amoo vc adri <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aaahhhhhhhh, copmo é possivel q sua page só tenha 2 curtidas???
      Divulguei!! *u* (e curti) ;)

      Excluir
  6. CONTINUA PFVR TA PFTOO

    ResponderExcluir