segunda-feira, 1 de julho de 2013

Turn me on 2ª temporada capitulo 42

VOCÊ NÃO É MEU PAI!

*LIGAÇÃO ON*
-Alô ?-Eu disse, e logo uma voz grossa respondeu.
-(Seu nome)?
-S-sim...Quem é?
-Talvez vá parecer estranho, mas eu sou seu pai...
-O QUE?! ISSO É ALGUM TROTE?! NÃO TEM GRAÇA NENHUMA!
-NÃO NÃO! Não é trote nenhum!!
-Então aquelas mensagens, toda aquelas ameaças...Não se encaixa!!
-Ameaças? Mensagens? Como assim?
-Você não sabe?-perguntei irônica.
-Não, não sei. Um numero desconhecido me ligou, dizendo que eu falaria com você.
-MAS ISSO NÃO FAZ NENHUM SENTIDO!
*LIGAÇÃO OFF*
   Foi um trote, só pode. Meu pai, o homem que eu nunca vi na vida, não apareceria do nada do outro lado da linha.
Em poucos minutos recebi outra mensagem, daquele numero maldito que assombrava minha vida se eu pudesse eu rastrearia a ligação usando a equipe do C.S.I London e faria o caboclo que fica me enchendo o saco ajoelhar no lego e rezar 245 ave marias.
"Garotinha problemática, sua existência é muito insignificante, mesmo assim, se fortalece a cada instante. E pra que? Se quer descobrir o que está acontecendo vá neste local (~le nome do lugar~) 23:50. Venha sozinha, será melhor para o seu namoradinho e todos os outros, e se não vier...PIOR. "
   Vissssshhhhhhhhhhhhh....Será que eu deveria ir? Bem, vamos pensar...Pode ser uma cilada...Mas se está dizendo que vai ser pior se eu não for...Quer dizer que...Não sei...
Não adianta, eu sou teimosa.
Sei me defender não sei?[Qualquer coisa leva o spray de pimenta (y)]
Eu não tinha nada a perder, afinal, o que de mal poderia acontecer?(Vamos fazer uma lista: Você pode ser estuprada, podem te roubar e depois te estuprar, podem te estuprar e depois te matar, podem te agredir e depois te estuprar ou podem te agredir, roubar estuprar e matar, são varias opções, pode escolher u.u)
O único medo que eu tinha naquele momento era o do que poderia acontecer com "meu namoradinho" que no caso eu não sabia bem a quem ele se referia, porém era melhor garantir.
Ok...Eu iria. Nadie problemática eu né(É problemática mesmo :\)
(...)
-Pra onde vai?-Liam perguntou me impedindo de passar pela porta.
-Ah..eu vou...-É LOGICO que eu não iria dizer pra onde iria e o que iria fazer, mas eu precisava de uma desculpa...Pensa, pensa...PENSA-Eu vou ver o Harry-CARAMBA!! EU NÃO PODIA TER PENSADO NUMA DESCULPA MELHOR NÃO???????????!!!!!!!!!!!!!!!!!
-Hm...Por algum acaso você e o Harry...-antes dele terminar eu o interrompi.
-Não, Liam, não tem nada entre ele e eu, somos só amigos(~le reuri na friendzone eterna~)
-Hm...Tudo bem, só quero te ver bem tá?-ele deu um beijo na minha testa:
Ele foi para seu quarto, mas antes disse:
-Só use camisinha.
Ri com seu comentário e saí...Como sou estupida...Mas e se eu não fosse? O que aconteceria com eles...? Não quero nem pensar...Não me importo com o que possa acontecer comigo, desde que nada aconteça com eles...
(...)
   O lugar era como um prédio, já abandonado, com alguns tijolos fora da parede e tal...Já estava tarde, bem tarde, não me atrevi a olhar no relógio pois estava com medo do escuro(Como já dito em capítulos anteriores, ela tem meda de escuro u.u). Por fora qualquer um diria que é um lugar acabado, pois cheirava a cemitério e estava bem degradado, porém quando entrei, há única coisa que me incomodava era a escuridão. Minha visão foi se acostumando com a penumbra e logo eu conseguia enxergar uma outra parede com auxilio da luz do celular(Quem nunca?).
23:49.
Eu senti um arrepio pouco antes de ouvir uma voz grossa e familiar, chamar meu nome.
-(Seu nome)?
-Q-quem é?
As luzes se acenderam, (TINHA LUZES NAQUELE LUGAR??????), vi em minha frente um homem já com cabelos levemente grisalhos, ele me olhava surpreso, e eu já tentava achar o spray de pimenta que tinha pegado ao sair. Achou que eu tava brincando?!
-Quem é você?!-o spray já estava em minhas mãos, e minhas mãos estavam atrás das costas.
-Sou a mesma pessoa que falou contigo no telefone, eu sou seu pai.
-VOCÊ NÃO É MEU PAI! EU NÃO TENHO PAI! MEU PAI MORREU NO DIA EM QUE ABANDONOU MINHA MÃE!
-Eu sinto muito por aquilo, eu era muito jovem e ainda não tinha amadurecido. Mas em todos esses 16 anos não teve um dia em que eu não me lembrasse de você.
-MENTIRA! ISSO TUDO É MENTIRA! Se você fosse realmente meu pai não teria me mandado aquelas mensagens estranhas, um pai jamais faz isso!
-Não fui eu quem mandei essas mensagens, você pode ter certeza!-eu apontei o spray para ele, talvez eu estivesse sendo ridícula...Não, não estava não! Ele era um estranho!-ME PROVE QUE VOCÊ É MEU PAI!
-Quer que eu te prove, pois eu te provo-ele tirou do bolço do casaco que vestia uma foto velha, e me mostrou....Era minha mãe quando jovem e ele(também quando era jovem, NÃO NÃO, QUANDO ELE ERA UM CABRITO) . Os dois estavam sentados na grama, sorrindo para a câmera e se abracando de lado, em baixo havia o ano da foto: 1996. Um ano antes de eu nascer...
Eu peguei a foto e olhei com tal nostalgia que quem visse pensaria que eu estava lá(I was there u.u).
-É você mesmo...-falei em tom baixo.
-Agora acredita?
-Mas e as mensagens? Se não é você...Então quem é? Como você veio parar aqui se as mensagens é que me levaram a estar aqui? Essa historia está muito mal contada!
-Bem, então me deixa explicar. Depois que eu deixei  sua mãe, eu viajei por aí, tentando raciocinar...Quando eu cansei de tanto fugir, 16 anos depois, procurei sua mãe quando você não estava em casa, e ela me negou ver você, e disse que jamais eu teria como te ver, que você foi criada sem pai e isso nunca mudaria. Eu descobri que ela te mandou pra cá e em pouco tempo consegui vir pra cá também, alguns rapazes me ajudaram a te encontrar.
-Rapazes? Que rapazes?-eu perguntei.
-Alguns garotos que me ajudaram a te encontrar.
-FORAM ELES QUE MANDARAM AS MENSAGENS ENTÃO!!!
-Eu não sei...Minha filha, meus dias estão contados, eu já fiz muita coisa nessa vida, boa e ruim, ruim eu ter deixado sua mãe, e bom foi eu te encontrar, eu só queria que antes de eu deixar esse mundo. Minha filha...Quem escolheu seu nome fui eu sabia? Eu tinha dito a sua mãe que quando tivessemos uma filha, ela se chamaria assim. Pena que eu fiz tudo errado.
   Ele me abraçou de surpresa e logo as luzes se apagaram de novo.
O que diabos foi isso?!
(...)
   Eu estava voltando pra casa, já eram 01:58, pelas altas horas a cidade estava fria como se as paredes fossem feitas de gelo.
Minha mente ainda tentava processar o vomito de informação que eu recebera, talvez eu tivesse tomado os comprimidos que restavam, não me lembrado e tudo aquilo não passava de ilusão.
Interompendo minha teoria senti alguém me abraçar por trás, juntando minha cintura seu corpo.


CONTINUA...
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.--.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.

Hellouis pequenas damas! Eu passei horas e horas(tipo a musica do cw7) escrevendo esse capitulo, ficou chato, ficou um lixo, ficou uma merda dura(Não me perguntem de onde eu tirei essa, porque eu nem fudendo vou contar de quando minha amiga pisou no coco de cachorro sem sapato e ficou gritando: A MERDA TÁ DURA) mas pelo menos eu tentei U.U

OK, agora vou assistir o karate kid que tá passando na grobo(Sim, eu falei GROBO, POBREMA?)  e depois vou nana.QUEM NÃO COMENTAR VAI PISAR NA MERDA DURA U.U(ISSO FOI UMA PROFECIA, NÃO UMA AMEAÇA). BEIJOUS NA BUNDA!(Ou na tela do teu pc)


15 comentários:

  1. Aaaaaaaah, continuaaaaa!

    ResponderExcluir
  2. Aaaah, é o harry ? Por favor me diz q é o harry. Amo sua fic
    ass:nickMf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. U.U não posso dizer nada, rsrs U.U é secreto

      Excluir
  3. CONTINUAAAA (ja que eu comentei, acho que vc ja pode parar de me ameaçar;)
    O cap.foi otimo como sempre, MAA PARA DE FAZER SUSPENSE!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que graça teria sem o suspence? haha

      Excluir
  4. a fic ta perfeita,eu to amando e por favor diz q é o Harry q "me" abraçou por traz estou muito curiosa
    posta logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. U.U Não posso dizer nada, pode ser qualquer pessoa, até a Cindy Louper, sqn

      Excluir
  5. POR FAVOR QUE SEJA O HARRY (GATOSO DEMAISSSSSSSSSS) .E , vc poderia por favor PARAR COM ESSE SEU SUSPENSe QUE ME DEXA LOCA DA VIDA PENSANDO COMO É QUE VAI SER O PRÓXIMO CAP?.Obrigada pela atenção (é serio para com o suspense)-Tamires

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas é no suspence que está toda a graça, haha

      Excluir
  6. ADRI EU VOU TE MATAR!!!!!!!!!!!!Vc vai me matar assim!Por favor continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  7. Continua senão eu morro de curiosidade kkk

    ResponderExcluir
  8. Continua senão eu morro de curiosidade kkk

    ResponderExcluir